Programas e Ciclos da Jornada Divina Feminina:

Programas Formativos de Estudos e de Desenvolvimento Iniciáticos

Programas Formativos de Estudos e de Desenvolvimento Iniciáticos da

Sabedoria Iniciática Feminina - Qoya Yachay  para

Condução de Círculo de Mulheres e Terapia Integrativa Feminina

Programas Formativos: 

> Programa de Estudos e Treinamento - PEDV (Facilitadoras)<

> Programa de Desenvolvimento - PDDV (Focalizadora, Instrutora, Guardiã e Sacerdotisas) (Pré-requisito: PEDV) <

sagrado feminino despertar feminino jornada divina iniciatica femininaespiritualidade feminina

fed08cc5-605e-40b4-93fb-00739e354594

“Eu sou a Divina mulher Que habita seu ventre A luz da sua consciência Seu verdadeiro sentir Nos elementos da natureza Sou a potencia criadora No som da vacuidade Sou eu quem dá o corpo Das infinitas possibilidades de existir.”

Jornada Iniciática Feminina

Durante milenios o Feminino Sagrado ficou trancado a oito chaves em nosso mundo e inconsciente. Aos poucos, tendo chegado a hora, toda a riqueza dos saberes ancestrais está sendo resgatada pelas mulheres como um grito da alma pedindo para ser acolhida e expandida. Somos o vaso desse potencial que ficou nas profundezas do nosso ventre, somos a força gestora e mantenedora de um manancial imenso de saberes e práticas que pedem para emergir e apresentar-se novamente ao mundo atual e futuro.

A conexão com nosso poder-sabedoria interior nos empodera e nos integra a nossa verdadeira essência, tirando as vendas dos padrões impostos que bloqueiam e limitam nossa expressividade, criatividade, dons místicos, sensibilidade e força.

Somos todas Divinas Mulheres, caminhando para uma grande transformação; de nós mesmas, através da reconexão com nossa ancestralidade para abertura de novos ciclos, novos olhares, novas formas de ser e assim de transformar nossas vidas, nosso mundo.

Abra-se para o reencontro com sua verdadeira essência, por nos re-alinhar, aqui e agora, à Jornada Iniciática / Sagrada Feminina.

Abra-se para os Poderes-Sabedorias de Amor, Compaixão e Confraternidade.

8eb407c2-bd9a-4688-8dc4-3f1bf977f356

O Caminho Sagrado Feminino – A Jornada Divina Feminina (a Jornada da Sacerdotisa) Qoya Nan;  o Programa de saberes e práticas da Sabedoria Feminina Divina (ou Sabedoria Iniciática Feminina – QOYA Yachay), é um programa iniciático de Autodespertar Pessoal da Mulher (Espiritualidade Feminina) e Formação Profissional em Saberes Ancestrais e Práticas Integrativas Femininas

O Programa da Sabedoria Iniciática Feminina é uma jornada de estudo e formação nas tradições espirituais ancestrais, porém perenes.

As Umi, Qoya / Jasukávy, Cys / Ixmucané / Auset / Dannan Shaktis são as Divinas Iluminadas e as ‘consciencias-energias-essencias’ femininas arquetípicas sagradas da Natureza e do Cosmos.

Elas são rainhas-sacerdotisas-deusas originais das cosmologias ancestrais. Elas estão também conectadas as montanhas, rios, lagos, cachoeiras de determinados pontos especiais de nosso planeta, se relacionam com o que há na natureza – elementos, reinos minerais (pedras, cristais), vegetais (ervas, flores, árvores) e animais (totens animais, animais sagrados), e no ser humano estão ligadas aos nossos chakras em todos os corpos e também em todos os planos dimensionais da existência e consciência. As Qoyas / Cys / Shaktis são responsáveis por gerar, sustentar a luz, a consciência.

Esses saberes estão disponíveis nesse momento para o importante resgate da nossa verdade interior, potencializando o que está latente em cada mulher. A Psicologia e a Sabedoria Profunda foca no conhecimento que foi oculto por milhares de anos incluindo as práticas iniciáticas femininas (especiais e específicas para mulheres, sintonizações etc), que exigem treino, estudo e envolvimento, principalmente com o processo interior. Por isso, este programa também realiza as aulas online ao vivo e sempre que necessário, o contato com a mentora/professora/terapeuta*.

PROGRAMAÇÃO: Consagrações à Sacralidade Feminina –
Qoya Willkachay

Estes Rito e Consagrações são muito poderosas, mas só se potencializam e se sustentam, com a realização frequente das práticas relacionadas.
Cada Consagração na ‘Sabedoria Iniciática Feminina’ inclui saberes, práticas especiais femininas e o processo gradual de despertar e 'auto realização'.

1d0dad7e-af14-4dd0-b203-cbb6a20d984f
Programa de Estudo: Circuito Fluorita 

>  Ritos Qoya Winay -  Início da Jornada

("Florescimento"/Germinação da Feminilidade Divina):

- O Sagrado Ventre;

- O Templo Interior;

- A Divina Guia Interior Pessoal da Jornada Sagrada Feminina

Saberes e Práticas relacionadas à:

>  Consagrações de Início da Jornada - Qoya Winay Willkachay (para poder oferecer os Ritos, Purificar e Reconectar com):  A Senhora do Ventre Sagrado,  O Templo Interior, A Senhora Divina Guia  (Pessoal) da Jornada Sagrada Feminina:

Inicia o processo de Winay Warmi (Mulher "Germinadora, Florescedora"), e Chaski Warmi (mulher mensageira). Wiñay - Germinação, refere-se a plantar germinação, bem como a germinação espiritual da semente de iniciar.  Sempre, crescer, à idade. (Wiñay Marka - Um nome antigo para o Lago Titicaca)

Saberes e Práticas voltada ao Processo de Purificação e Re-consagração do Útero, do Ventre. Diversos métodos de purificação e harmonização essenciais para reconexão com a nossa natureza e nossa essencia, a Guia Interior. É um processo bem extenso, duradouro e profundo para a mulher que realmente o realiza. É a base para a conexão, integração e identificação com todos os Arquétipos e Subarquetipos Femininos, ou seja a base, a fundação sódida para despertar os Aspectos Sagrados, Divinos Femininos.

1 – Senhora do Ventre Sagrado

>  Consagração Ventre Sagrado: Auto-consagração Ventre / Útero e Ováriosuma reconexão sagrada da mulher com seu ventre e do ventre da mulher com a Mãe Terra – Mãe Natureza;

> Consagrações, Saberes e Práticas para a Transferencia desses Ritos as outras mulheres 

2 – Templo Interior  –

Consagração do Templo Interior para reconexão dos corpos inferiores aos veículos superiores e a Guia Interior; redespertar a morada da Guia interior e Templo de integração das Guardiãs da Sabedoria (reabrindo e reconectando seus portais dimensionais) e Guias da Jornada (as Consagrações que vem a seguir).

3 – Senhora Guia Interior, a Guia Pessoal –

>  Consagração Divina Guia: de Reconexão com nossa própria ‘Qoya Guia’, nosso feminino sagrado – reintegrar a própria essência – que é feminina – através da mente/coração inferior e superior.

> Consagração,Saberes e Práticas para a Transferencia desses Ritos as outras mulheres

– Estas consagrações são realizada pela aluna com a mentora e/ou ‘madrinha’ para poderem replicar os Ritos a outras.

Práticas: 

> Ritos / Cerimoniais, Práticas de Poder-Sabedoria:

- Ritos Ciclicos:
. Rito Senhora da Terra - Senhora Solar: 8 fases (Cada fase da Senhora da Terra e Senhora Solar (Juntas) tem um Rito próprio)
. Rito Senhora da Terra - Senhora Lunar: 8 fases
- Rito Senhora do Fogo Sagrado
- Rito Proteção e Centramento (Proteção e Reconexão)
- Rito Purificação do Corpo e do Ventre - Purificação dos Cristais e Energização de Cristais e Ervas - Consagração de Cristais, Ervas, objetos rituais, talismãs para Rituais e Práticas de Poder-Sabedoria
- Rito Reconexão Senhora Guia Interior
- Rito Retorno ao Templo Interior

Programa de Purificação:

. com Alimentação
. com Ervas/Chás de Purificação Corpo e Ventre
. Com Proteção e Purificação de Ambientes
.  com o Ovo para Corpo e Ventre
. com práticas muito especiais

Programa Reconexão e Harmonização

. Livro Purpura
. Cálice Sagrado
. Água Consagrada Divina Feminina
. Aromatizar de Ambientes com ervas femininas
. Elixir, Loquour Divino Feminino

Saberes:

.  Conhecimentos essenciais para a esta fase da Jornada Divina Feminina.

Programa de Estudo: Circuitos Safira

Ritos e Consagrações:

> Umi Qoya Illa Santur Ayllu:  "Círculo / Irmandade Divina Feminina Universal ou Consororidade Divina Universal" 

> Umi Qoya Amawta:  As 8 Divinas Fontes e Guardiãs do Poder-Sabedoria da Jornada Sagrada Feminina 

Ritos, Saberes e Práticas Relacionados à:

> Umi Qoya Illa Santur Ayllu Willkachay: Consagração "Círculo / Irmandade Divina Feminina Universal ou Consororidade Divina Universal
> Umi Qoya Amawta Willkachay:  Consagração às 8 Divinas Fontes e Guardiãs do Poder-Sabedoria da Jornada Sagrada Feminina 

1 - Círculo Divino Feminino - 

> Consagração de Reconexão com a Rede Divina Feminina - Círculo Divino Feminino. Consagração para reconexão com a egregora, o Arquétipo Integral das Senhoras Divinas (toda a Consororidade das Shaktis, Qoyas, Ausets - toda a 'mandala de Shaktis', a 'confraternidade' ou Grande Irmandade Universal Divina Feminina).

Iniciando com formação uma 'Rede' de Mulheres que Tece, Reforma, Reativa a Rede Planetária e Integra as mulheres como Tecelãs Planetárias: Rede de Mulheres Tecelãs Protetoras da Terra.

2- Senhoras Guardiãs da Sabedoria;  Guardiãs dos Portais Direcionais e Dimensionais:

> Consagração (reconexão) às Senhoras Divinas Mestras e Guardiãs da Sabedoria que nos inicia na reconexão do Sagrado Feminino essencial:

- Consagrações das Senhoras Guardiãs dos Portais Dimensionais, Fontes de Poder-Sabedoria, ou seja Guardiãs do Conhecimento Profundo ou Sabedoria Iniciática. - Senhoras Guardiãs dão a sabedoria do sagrado feminino em cada uma das Qoyas das Mandala - Os Arquétipos e Sub-Arquétipos das Senhoras Guias da Jornada Iniciática Feminina. Cada conhecimento, cada mantra, cada prática ritual, cada planta, cada pedra tem seu 'poder-sabedoria' que é efetivamente acessado para ser multiplicado pelas Senhoras Sábias Guardiãs. Estão relacionadas as 8 Portais direções e dimensões Sagradas.

1 –  SENHORA DA NATUREZA 

– Saberes e Práticas para Reconexão com a Mãe Natureza;

Este Arquétipo está relacionado à:

. Reconexão com a Mãe Natureza: Plantas, Ervas, Pedras, Cristais, Minério, Água – e todo seu poder de cura (ginecologia natural) e realização 

. Purificação, Vitalização, ativação, consagração – iniciando à Ginonaturologia Integrativa: Ginecologia Natural Integrativa.

. Rito de Empoderamento para reconexão com:

. Conexão ao Portal de Saberes e Poderes da:

    - Magia das Pedras / Pedras de Poder 

    - Magia das Plantas / Ervas e Ervas, Plantas de Poder

    - Magia dos Animais / Animais de Poder

Relacionadas com:

. Poder das Ervas/Plantas (Qura):  ervas, especiarias, frutos, arvores, flores, como incensos, óleos essenciais, alimentação e cura física e sutil; Identificação e conexão com Plantas de Poder Pessoal. Cada arquétipo do feminino, cada Qoya está ligada a uma Planta

. Poder das Pedras (Rumi Khuya) – poder dos cristais, pedras, argila, águas e minérios – poder de cura, proteção, realizações de cura e outros objetivos de harmonia; Cada arquétipo do feminino, cada Qoya está ligada a uma Pedra

. Poder dos Totens Animais (Uywa) ‘Animais de Poder’; Os totens animais simbolizam e manifestam o poder relacionado as questões emocionais e espirituais. Cada arquétipo do feminino, cada Qoya está ligada a um Toten animal, que dá a tônica do elemento relacionado ao sentimento, sendo para nós ligado as emoções que quando, em desequilíbrio podem causar distúrbios físicos e, ou emocionais ou mentais.; Identificação e conexão com os Animais de Poder Pessoal.

. Templo Natural / Poder de Lugar Sagrado (Wuakas, Paqarina) ou ‘Lugares de poder’ para cura, proteção, realizações de cura, espirituais e propósitos superiores; Lugares de Poder Pessoal. Cada arquétipo do feminino, cada Qoya está ligada a um Lugar de Poder.

2 – SENHORA DO CAMINHO DA VISÃO – DO ORÁCULO 

– Saberes e Práticas para Reconexão com nossa Visão Interior baseada no poder da sensibilidade profunda inerente da essência feminina;

- Rito / Empoderamento:

. Conexão ao Portal de Saberes e Poderes da Visão Interior baseada no poder da sensibilidade profunda inerente da essência feminina: 

Relacionada com:

– Jornada da Rainha-Sacerdotisa e Arquétipos da Qoya + Oráculo  jornada e seus arquétipos correspondentes. leitura de Oráculos: utilizando o Poder de reconectar outros planos – ainda em nível psíquico e possivelmente, os primeiros níveis do mental - para trazer a visão deles, principalmente através de oráculos naturais (pedras, sementes, gravetos, folhas de plantas, folhas do cha, borra de café, ovo, bola de cristal e afins), da forma a estar receptiva ao Oráculo de nível profundo espiritual como o Oráculo dos aspectos ou arquetipos de Qoya, ancestral, que tem como objetivo o autoconhecimento e autodesenvolvimento em altos níveis existenciais.

3 – SENHORA DAS ESTRELAS 

- Rito Empoderamento

. Conexão ao Portal de Saberes e Poderes dos Astros da Divino Feminino

Relacionada com:

- Mapeamento Biopsíquico e Espiritual Feminino; - Mapeamento Biopsíquico e Espiritual Feminino

– Identificação dos aspectos ou arquétipos de Qoya (aspectos primordiais do femininos) no mapa do céu natal através doa Astros correspondentes a elas.

4 – SENHORA DA ARTE 

- Rito Empoderamento

. Conexão ao 'Portal' de Saberes e Poderes da Arte, Criatividade

Relacionada com:

– Arte Integrativa Feminina – inclui os fundamentos da Dança Integrativa Feminina;

- Arte Integrativa Feminina: Dança-Teatro-Músical (Tusuy) + Artes Visuais como “Arte-Terapia-feminina”  – dança e movimento, Dança Integrativa Feminina (com Cantos – Taki: Expressando), Dança-Teatro (com teatralidade: Vivenciando), (com as esculturas:  formando); Poema, poesia (harawi) – posturas e movimentos bio-energéticos – matrizes de movimento de danças ancestrais femininas,

5 – SENHORA DA COMUNICAÇÃO SUPERIOR 

–  Sabedoria Iniciática Feminina e Práticas meditativas, contemplativas e afins;

- Rito / Empoderamento:

. Conexão ao Portal de Saberes e Poderes das práticas meditativas, contemplativas e afins – integrando o poder ‘divino’ ou da consciência através de práticas meditativas ‘de energia’ e de ‘plena atenção’)

Relacionada com:
–  (com meditações mais avançadas); Prática Meditativa e Respiratória, Contemplação, Qhaway - Prática de Contemplações Meditativa Feminina – Visualizações diretivas e criativas e meditações específicas com práticas de de controle de energias sutis através de exercícios de respiração com visualização como ‘respiração ovariana/uterina’ para reintegração ao poder essencial feminino – o despertar para a verdadeira vida e consciência.  Reconexão aos Níveis Superiores do Eu, ensonhadora etc, intuições, práticas 'meditativas'. Poder do Saber por vias internas e Educar: Saberes

6 – A SENHORA DA CURA 

Rito/ Empoderamento:

. Conexão ao Portal de Saberes e Poderes das práticas terapêuticas femininas corpo-mente

Relacionado com:

- Terapia Integrativa profunda Feminina (Qoya Healing): Cura e bem estar através do poder ‘divino’ ou da consciência: Taumaturgia Feminina ou Terapia Integrativa avançada Feminina: Métodos:  terapia através de reequilíbrio de energia vital pela imposição de mãos, mantra, cores etc.  (terapia através do poder das ervas e especiarias também na alimentação  – Meditações, visualizações, contemplações, decretos, comandos, e análise e síntese pela psicologia profunda e sabedoria profunda ancestral. Inclui Círculo de Cura.  Quando da Consagração da Qoya Illa, que é o sexto nível de Identificação da Sacerdotisa ‘Bem Aventurança’) –

- Poder de Sintonia com as Hierarquias Superiores para Curar / Taumaturgia – integra-se a Ginecologia Natural e a  Psíquica / Emocional - a  Ginecosofia (cura do físico, psíquico e em nível 'espiritual')  -

7 – A SENHORA DA MAGIA SAGRADA 

- Rito / Empoderamento:

. Conexão ao Portal de Saberes e Poderes das Sintonizações Femininas (Teurgia Feminina) – Integração do poder ‘divino’ ou da consciência e conhecimentos mais avançados do Qoya Hatun Yachay –  significa protegido, secreto etc 

Relacionado a:

Teurgia Feminina: práticas contemplativas cerimoniais femininas coletivas sagrada de sintonia com potências de Alta hierarquia, neste caso, as Qoyas Iluminadas – Arquétipos Originais do Divino Feminino) –para multiplicação/reativação de propósitos superiores e de Cura profunda. 

- Poder de Sintonia com as Hierarquias Superiores para realização dos Propósitos Superiores: Magia / Teurgia – Sintonizações – Cerimoniais ritualísticos - (Reconexão com o Propósito Superior) Práticas ritualisticas de multiplicação, a serem realizadas em momentos específicos - ligados a relação Terra - Cósmos para realização de um propósito coletivo.

– A SENHORA do CÍRCULO SAGRADO FEMININO 

Rito / Emopoderamento:

.  Conexão ao Portal de Saberes e Poderes do próprio Círculo SAGRADO FEMININO (Qoya Suntur Ayllu) – círculo feminino de autointegração, autorealização e sororidade - irmandade feminina).

> Consagração e Saberes e Práticas para o Compartilhamento das Consagrações da Guia Interior ou Qoya/Shakti Guia as outras mulheres e abrir a Jornada para as Consagrações dos Aspectos Divino Femininos do Círculo Divino Feminino Universal. 

- Consagração da Senhora do CÍRCULO SAGRADO FEMININO (Qoya Suntur Ayllu Willkachay) - Práticas de conexão, visualizações, mantras e afins a serem realizadas diariamente para que no final do ciclo desta Qoya, efetivar a Consagração.

- Poder da União: Integração em irmandades e Consororidades – Círculos femininos

Atenção:

> Estas Consagrações também são como preparação para posterior Qoya Karpay; As Iniciações de Sacerdotisa, que acontecem após as 8 consagrações de nível, das Qoya Pusaq Nan, as Guias do Caminho.

A Iniciação Qoya Karpay é a iniciação da SACERDOTISA - Iniciação do feminino essencial – Iniciação espiritual através do poder ‘divino’ – iniciação feminina – Iniciação e Nomeação Qoya

> Consagração e Saberes e Práticas para a Transferencia dessa Consagração as outras mulheres

No Ciclo B - II - Há apenas a consagração às mestras para iniciar o processo de multiplicação dos saberes na Jornada, mas cada nível trabalhará com vários aspectos - potenciais - de cada uma delas, completando apenas nos final do Ciclo C.

 Programas de Estudo dos Circuitos das

> Umi Qoya Pusaq Nan:
As Divinas Guias da Jornada Iniciática Feminina <

Ritos, Saberes e Práticas relacionadas às:

Umi Qoya Pusaq Nan Willkachay: Consagrações as Divinas Guias do Caminho ou Jornada 

As Consagrações (Reconexões e Integrações) às Senhoras Guias Divinas que nos acompanha, inspira e nos empodera no Caminho de Realização do Sagrado Feminino em nós e no mundo:

Circuito Amazonita

1 - Senhoras da Liberdade - Purificação e Reconhecimento  (Natural, Pureza) - Energia de Vida (Qoya  Sacha) -

 > Reconhecendo a própria feminilidade, a conexão com a Terra, com a Natureza, com o próprio ventre - iniciando uma conexão com a Terra - Qoya Winay, com a Natureza, com o próprio ventre através dos elementos naturais. 

. Descondicionamento, libertando-se do convencionalismo

. Purificação de nossa Alma (harmonização principalmente dos níveis físico) - em conjunto com:

Ritos / Empoderamentos: 

.  Reconexão Senhoras dos Elementos Integrando a Senhora da Terra, é uma bela oportunidade de agradecer por tudo o que temos, honrar as consciências e energias da Mãe Terra  e o cosmos universal

- Poder das Pedras (Rumi Khuya) – poder dos cristais, pedras, argila, águas e minérios – poder de cura, proteção, realizações de cura e outros objetivos de harmonia; Cada arquétipo do feminino, cada Qoya está ligada a uma Pedra

-  Qoya Mesa (para práticas de purificação, energização, agradecimento, e outras cerimonias) e

- Qoya Kuya (pedras sagradas),

- Qoya Pichay: Proteção e Limpeza (purificações): limpar e transformar energia pesada ou destrutiva (hucha) do corpo físico e 'bolha de proteção' (poqpo).

- Prática Cerimonial de bênção ou energização após a purificação

- Pachamama dos locais sagrados,

- Rito Paqarinas I (divindades femininas do meio ambiente) - Formações naturais sagradas (Paqarina) e vários locais sagrados (wuacas/wuakas) e locais de importação energético.; 

. Kallari: um dos Padrões da Organização do Universo, significando de energia Fluxo, mudança, movimento, inicio

. Animais de Poder:  Amaru: A Serpente Sagrada. Serpente ou Dragão 'Amaru' é o conector entre os três mundos (mundos superior, aqui e abaixo). Representa a sabedoria, sonhos.

- Também chamada de Machacuay-e  limpeza do corpo e da energia; Limpeza e Benção de Casas, Terreno, Empresas. e ao balanço entre o Ucju Pacha: Mundo da profundidade (onde reside o seu poder) e os outros mundos. Os raios que escolhem os Altomisayocs são Amarus manifestando-se (relaciona-se a Kundalini).

- Consagração: Reconhecimento e Empoderamento: potencia LUNAR - Ceres e Constelação v Octanis   (Anterior: Estrela Polar do Norte na Ursa Menor)

- Consagração: 8 Senhoras da Liberdade - Seus animais de poder, suas plantas, pedras, locais de poder, seus poderes-virtudes. - Qoya Sacha: Relaciona-se ao Primeiro Nível de Integração Superior: equivalente a Paq'o Khuya Warmi - Protetora da Terra

2 –  Senhoras do Cuidado (Nutrição, Acolhimento) - Reconexão - (Qoya Nina):

Ritos / Empoderamentos: (Cerimônias)

. Senhoras dos Chakras com Senhora do Fogo Sagrado reconectar e fortalecer seu próprio campo de energia vital e principalmente psíquica e 'espiritual', e se proteger. É também conectar-se com os outros, reestabelecendo e fortalecendo a rede, reintegrando-a aos tres mundos. 

. Qoya K’intu: três folhas de planta sagrada que representam os três mundos reunidos em oração. Representa os três mundos: Hanaqpacha, Kaypacha e Ukhupacha; os três atributos humanos neste mundo para pôr em equilíbrio: llank’ay, Munay e Yachay;  e os três campos da mesa de cura: campo da pastora (lado esquerdo da mesa - para dominar as energias destrutivas), campo da justiça (lado direito da mesa - para despertar a essencia) e campo medio (equilíbrio e complementaridade dos opostos).

. Alinhamento Nawis (Chakras), Ñawis ("olhos" místicos, centros de energia) é um tipo de phutuy, ou floração. 

. Kawsay: força da vida, a energia que anima o universo. Energia de Vida. Se trata do coletivo, da genética. Energia de Vida.  Como chi, prana, Kawsay permeia todas as coisas no universo vivo, em vários níveis vibracionais.

. Animais de poder: Urso (no Hemifério Sul, é o chamado Urso de óculos) - Introspecção –  intuição, cura, consciência, ensinamentos, curiosidade. O urso entra numa caverna e hiberna, digerindo as experiências que vivenciou. Ele se reconecta com a Mãe Terra, numa introspecção intensa, para depois ressurgir na primavera da alma, num renascimento, quando tudo está brotando novamente. Nesse período nada do que está lá fora importa, apenas o refazimento, o ato de pensar sobre as atitudes tomadas, acreditando que as respostas estão dentro de nós mesmos. Introspecção, intuição, cura física, consciência, ensinamentos, curiosidade.  É o rastreador dos remédios e raízes da floresta. Ele ajuda o xamã a encontrar o remédio certo para a cura. Golfinho / Boto:  O Maná relacionado a Pureza e clareza do ser, sabedoria, paz, amor, harmonia, comunicação. O golfinho é o guardião da respiração sagrada da vida mostrando como desapagar das emoções através da respiração, da energia de vida. Ouvir nossos sons internos e entendê-los é parte do que o golfinho pode nos ensinar. Imite o golfinho e ande nas ondas do riso, espalhando alegria no mundo. Pureza, iluminação do ser, telepatia, alegria, sabedoria, amor, harmonia, comunicação.

- Consagração: Reconexão Lua-Vesta e Constelação Grus/Flamingo (Anterior: Draco)

- Consagração: 8 Senhoras do Cuidado - Seus animais de poder, suas plantas, pedras, locais de poder, seus poderes-virtudes. Qoya Nina: Relaciona-se ao Segundo Nível de Integração Superior; Pampamisayoq Warmi

3 – Senhoras da Ação - Afirmação, Empoderamento, Expressão (Expansão Externa) -  (Defensoras, Estrategistas) (Qoya Kallpay)

> Poder Interno com a nossa Alma  (harmonização principalmente do nível astral) - 

Ritos / Empoderamentos:

. Senhoras dos Corpos e Planos Sutis  

. Empoderamento da Força/ Ação: LLankay com - Kallpay: poder ou força, poder espiritual pessoal. (O princípio de organização do Kaypacha); 

. Animal de Poder: Jaguar / Otorongo. Felino poderoso Jaguar da Amazônia têm poderes especiais. É também é conhecido como xamã, capaz de se conectar com o mundo espiritual. Representa força, coragem e inteligência. O empoderamento do Jaguar é dada a pessoas que estão em processo de recuperação e precisam de força para estar em paz e encontrar a felicidade.

- Consagração de Ativação com a potência Lua-Pallas Atena e Constelação Tucano  (Anterior: Ursa Maior)

- Consagração com 8 Senhoras da Ação / Afimação e Expansão Externa. -  warmi. Qoya Kallpay: Relaciona-se ao Terceiro Nível de Integração Superior; Altomesayoc

4 – Senhoras da Harmonia - Reintegração (Conciliação) (Qoya Aklla):

>  Reintegrando o Caminho Sagrado Feminino – A  Alquimia Feminina Respiração Ovariana e Uterina (respiração alquimica feminina – kundalini shakti yoga) para reintegração de Kundalini Shakti

- Harmonização principalmente do nível mental; Reintegração  coração  (timo):  Poder de integração ou despertar da consciência   – em conjunto com:

Ritos / Empoderamentos:

. Reconexão,  Realinhamento e Reativação do seu Lugar de Poder (Paqarina)

. Empoderamento do Amor: Munay - Amar, querer, desejar. Incondicional, eterno, amor não racional. Localizado no centro do coração, é o exercício do poder. Um dos principais princípios de organização e a primeira das Leis Três Inca . Ao invés de uma emoção, Munay é visto como uma atitude de respeito e apreço por tudo e todos (Outro dos principais princípios de organização e a primeira das Leis Três Inca)

. Animais de Poder: Raposa / Lobo 

- Consagração de Reintegração e Consagração associada da potência TERRENA com a potência Estelar feminina: Terra - Fenix (Anterior: Boieiro) - Aquario e Algol (Sombra)

- Consagração de Integração com das 8 Senhoras da Harmonia. Qoya Aklla: Relaciona-se ao Quarto Nível de Integração Superior ou consciência do Feminino Divino - (Kamasqa (inici: Kurak Akulliq))

Próximas Etapas e Níveis das Divinas Guias da Jornada: 

Circuito Malakita

5 - Senhoras da Intuição - Intercomunicação -  (Alta Percepção, Mensageiras) (Qoya Nusta)

> Intercomunicação e Comunicação.

. Reintegração  coração (timo):  Poder de integração ou despertar da consciência. - Reconexão com Essência: práticas de visualização para fechar sua bolha de proteção e pedindo aos elementos sagrados a proteção de todo o seu ser. - Harmonização principalmente do nível mental. Reconexão,  Realinhamento e Reativação do seu Lugar de Poder (Paqarina).   Reintegrando o Caminho Sagrado Feminino – A  Alquimia Feminina Respiração Ovariana e Uterina - Útero-Cardíaco II

Ritos:

. Empoderamento Cheqak: Verdade.

. Empoderamento de 'Kuntur Mallku': É a intermediária luminosa entre o Kay Pacha (Mundo daqui e do agora) e o Hanan Pacha (Espaço-Tempo das Estrelas). 

. Animal de Poder: Condo, Kuntur, O condor andino é um raptor e a maior ave capaz de voar.Ele também é conhecido como o urubu-rei. O último símbolo de transcendência e de elevada consciência; às vezes visto como um símbolo de purificação, limpeza de carniça e transmutação de algo destrutivo em fonte de pureza. No coração relaciona a intuição. É a intermediária luminosa entre o Kay Pacha (Mundo daqui e do agora) e o Hanan Pacha (Espaço-Tempo das Estrelas). Mitologicamente, as energias do condor são extremamente positivas, proporcionando perspectiva diferente em uma situação ou organização. O Condor é o nosso mensageiro do Cosmos e se conecta a realidade dos Seres de Luz (do Hanaqpacha) para esta realidade.

- Consagração: com a potência planetárias VENUSIANA (Chaska) e com a potência Estelar Feminina (Nusta) / Pleiades (Qoto /Qollca) no HN e Eridanus no HS; a Porta, comunicação e irradia um refinado estado de consciência.

- Consagração com as 8 Senhoras da Intuição. Qoya Nusta: Relaciona-se ao Quinto Nível de Integração Superior ou Consciência do Feminino Divino.

Circuito Berila

6 - Senhoras da Sororidade  - Expansão interna - (Amor Incondicional, Cura Integral) (Qoya Illa)

. Despertar do olho interno (pituitária) etc.  Expansão interna

Ritos:

. Empoderamento da Sabedoria: Yachay - princípio organizador principal Yuya: Sabedoria, significado primário. Aquisição de conhecimentos através da observação e conhecimento. 

. 'Chumpi' karpay -  empoderamento de energia, que abre os centros de energia do corpo luminoso - processo profundo de cura dos corpos sutis. Seguindo os conhecimentos da Medicina Andina Ancestral.

. Empoderamento Animal de Poder: Coruja e Abelhas

- Consagração da potência Iluminada: Planetária – Haumea / Planeta X  e  Estelares Feminina Marianas (Três Marias de Orion -  Qoya Kinsa Ch'ata) Elas representam os três mundos: Hanaq Pacha, mundo superior; Kay Pacha, O mundo do meio; Ukhu Pacha o mundo interior.

- Consagração das 8 Senhoras da Fraternidade. Qoya Illa, Relaciona-se ao Sexto Nível de Integração Superior ou Consciência do Feminino Divino e ao Pacha Taripay

Circuito Angelita

7 – Senhoras da Liderança - Identificação (Vontade, Propósito) (Collari Qoya)

. Despertar  (pineal) etc.

Ritos

. Alinhamento e Ativação de determinados Lugares de Poder e Iniciações (Miskayani)

. Empoderamento K’anchay: A energia da luz análoga à energia celestial ou o eletromagnetismo em física. É a forma mais elevada de energia espiritual usado pelos curandeiros. K’anchay ajuda a manter o equilíbrio necessário entre o afluxo de espírito e as energias de terra da Terra, que são necessários para sustentar um equilíbrio natural entre os próprios corpos físicos e luminosos; Clareza, clareza; Luz; glória, luz, brilho.

. Animal de Poder Anka - Águia; Falcão. A harpia Andina sagrada.  Conhecido como o gavião-real-americana.

- Consagração com a potência Iluminada potências: Estelares Feminina Sirius - Willkawara) - (Collari - Taytanchis Ranti) 

- Consagração de Identificação 8 Senhoras da Liderança. Relaciona-se ao Sétimo Nível de Integração Superior ou Consciência do Feminino Divino. Ligado a era Divina na Terra. (Collari Qoya)

Circuito Rodonita

8 - Senhoras da Alta Sintonia -  Multiplicação / iluminacao / renanscimento -  (União, Compaixão) (Illa Umi):

- Identificação com sua verdadeira identidade.

Ritos:

. Práticas para fortalecer as 8 forças em nós mesmos: Qaway (ver claramente), Rimay (falar claramente do coração), Kanay (o poder da sua própria essência, do seu Ser), Munay (poder do amor conscientemente direcionado), Tusay (poder de experimentar, imaginação), Atiy (o poder de colocar as coisas em movimento), Tarpuy (semeadura, o poder de deixar ir e se render à vida na terra), Taqe (União de forças, compartilhamento).

. Nuna: O princípio de que tudo o que é espírito. Um dos principais princípios de organização. O espírito; o aspecto essencial do indivíduo.   Nuna Illariy : Alma despertar, ou o primeiro raio da aurora da alma;

. Empoderamento do princípio de organização Ch’ulla: Tudo está conectado energeticamente através cekess (linhas, rede de linhas). Unidade, comunhão com a unidade. Consciência absoluta.

. Animal de Poder:  Beija-flor místico “Siwar e Q'omer Q'enti”: Receber as bênçãos do mundo superior, a Hannaq Pacha, o beija-flor é o mensageiro entre as entidades da luz e os seres humanos. Simboliza a liberdade, transformação e purificação de nossas dores, sofrimentos e limitações. Empoderamento do princípios organizador Saiwa/Saywa: Coluna de energia que une os três mundos (Hanaqpacha, Kaypacha, Ukhupacha), os três centros de energia. Pilar; raio de luz; uma coluna de energia mediado por Q’enti Siwar que desce do Hanaqpacha para criar uma ponte entre os reinos físicos e espirituais. Uma coluna de energia ou eixo vivo de luz do céu que liga o reino sublime, puramente espiritual (Hanaqpacha) para o reino físico (Kaypacha).

- Consagração de Renascimento / Iluminação  potência  Iluminada potências: Estelares feminina (Pleiades do Sul - Colla Qoto)    Divina Iluminada)

- Consagração das 8 Senhoras da Alta Sintonia. 

Programas de Desenvolvimento:

> Circuito Pitangueira: Circuitos Relacionado a Saberes mais avançados e associados a Certificação para Oferecer as Consagrações (com seus Saberes) Fluorita I, II e II

> Circuito Grumixama: Circuitos Relacionado a Saberes mais avançados e associados a Certificação para Oferecer as Consagrações (com seus Saberes) Safira I e II 

> Circuito Cambuci: Circuito Relacionado  a Saberes mais avançados e associados a Certificação para Oferecer as Consagrações  (com seus Saberes) Amazonita I e II

> Circuito Aureana: Circuito Relacionado a Saberes mais avançados e associados a Certificação para Oferecer as Consagrações (com seus Saberes) Malalita I e II

> Circuito Cacau: Circuito Relacionado a Saberes mais avançados a associados a Certificação para Oferecer as Consagrações (com seus Saberes) Berila I e II

> Circuito Tarumã: Circuito Relacionado a Saberes mais avançados e associados a Certificação para Oferecer as Consagrações (com seus Saberes) Angelita I e II

> Circuito Açaí: Circuito Relacionado a Saberes mais avançados e associados a Certificação para Oferecer as Consagrações (com seus Saberes) Rodonita I e II 

Programa de Iniciação  - Circuito Cauliflora

Iniciações 

9 - Senhoras Guardiãs da Sabedoria (Educadoras) (Umi Karpay) (Aqui as Senhoras Guardiãs também tem a função de Divinas Guias da Jornada)

Realiza aqui a primeira de Três Grandes Iniciações de Sacerdotisa (Umi Karpay). A Sacerdotisa Umi Amawta, onde é possível compartilhar os ensinamentos e consagrações a Iniciação de Qoyas Amawta -  estão relacionadas a potência estelar feminina da Cruzeiro do Sul - Umi Chakana (Huch'uy Chakana) - Já foram realizadas as suas Consagrações, aqui é a Iniciação para se tornar Sacerdotisa Facilitadora Educadora.

- Consagração Associada: Chakana - prática que permitirá a abertura do olho estelar e a conexão com a Constelação do Cruzeiro do Sul mais Alfa e Beta Centauri à esquerda são os olhos de lama.

- Empoderamento Qoya K'uichi (Senhora do Arco íris)  e sua vertente sagrada: a iniciação em 'Chakaruna' (Ser Ponte: A ponte do arco íris). O sistema de cura com base nas cores. Ponte energética entre a pessoa e as energias do Cosmos dos três mundos. Canais de condução de energias entre os três mundos.

10 A  - Senhoras Matrizes dos Altos Poderes Divinos - Senhoras  Sacerdotisa - Umi Pakas Karpay - (Aqui as Senhoras Guardiãs também tem a função de Divinas Guias da Jornada)

Iniciação de Sacerdotisa Alto Curadora. Iniciação de Sacerdotisa Conselheiras (já participam do Conselho do Circulo). Pode acompanhar as Alto Sacerdotisas para aprendizado final e ser Alto Sacerdotisa ou pode ficar como Sacerdotisa Conselheira.

10 B - Senhoras Conselheiras Matrizes dos Alto Poderes Divinos e de Sacerdotisas de Alta Magia (Hatun Umi Pakas Karpay) 

Iniciação de Alta Sacerdotisa (grupo de 8) e Altas Conselheiras (Aqui há um processo de tempo, experiencia e formação de fraternidade) - Possibilita compartilhar as iniciações - Pacha Hatun Yayachaj do  Suntur Ayllur. (Nawpaqta - Antes do tempo)

(Consororidade)

Consagração associada: Polaris Australis da constelação de Octans - (Umi Uralan Qhipa Wara)  e  Centro Galáctico (Umi Kukamama)

Iniciação de Alta Sacerdotisa e Altas Conselheiras (Aqui há um processo de tempo, experiencia e formação de fraternidade) - Possibilita compartilhar as iniciações - Umi Pacha Hatun Yayachaj do Umi Suntur Ayllur / Jasuka Kora Opy. (Nawpaqta - Antes do tempo) e Hatun K’anchay / Jasuka Moendy: Grande Luz, iluminação .

As 'Poderosas Senhoras Divinas' ou Matrizes e Conselheiras Matrizes dos Altos Poderes Divinos' do Centro da Mandala do Sagrado Feminino - Nível 10; o último, estão relacionadas a potência estelar feminina  da Estrela Polar do Sul (Polaris Australis da constelação de Octans - Umi Uralan Qhipa Wara)  e  Centro Galáctico (Umi Kukamama)

As consagrações aqui (Consagração do Ventre, Consagração Qoya Guia /  – a própria essência da mulher - e as 8 Consagrações das Mestras Qoyas; as Fontes e Guardiãs de Poder-Sabedoria - Qoya Amawta), Qoya Pusaq Nan são referentes a ‘descida’, ancoramento daquela energia, relacionado as etapas de purificação e reconexão, com isso sintoniza-se ao quinto nível das sacerdotisas da “Sabedoria Iniciática Feminina” do “Caminho Sagrado Feminino”; as Nustas (Feminino Lua-Ceres e Terra).  Já as iniciações dos oito círculos da ‘Mandala Senhoras Divinas - Qoya/ Umi / Jasuka’ - Suntur Ayllu é como ‘ascendencia’ ou interiorização da energia, ai relacionado a etapa a partir da integração, sintonizando-se ao sexto nível das sacerdotisas; as Qoyas e a iniciação final dos círculos centrais da ‘Mandala Qoya’, as Umi Pakas / Ya Jasuka. Cada Etapa se interioriza nos Saberes e nas Práticas, tendo acesso ao níveis mais sagrados da ‘Sabedoria’.

Ver com mais detalhes:

Ciclos e Programas Formativos da Jornada Divina Feminina

 

 Metodologia e mais dos programas completos...:

> O foco desenvolvido pela DIVINA FEMININA, a Escola Iniciática Feminia e Consororidade (Círculo de círculos de mulheres) é iniciático e profundo e por isso possui uma estrutura diferenciada e especial:

Os Ciclos possuem de 1 a 2 Modalidades de Programas para Condução de Círculo de Mulheres e Terapia Integrativa Feminina:

Inicia-se pelos Programas do Ciclo A - Bosque das Deusas e Musas: Saberes, Práticas e Consagrações Essenciais da Feminilidade Divina: Circuito Fluorita

> Programa de Estudos e Treinamento - Ciclo A - Circuito Fluorita = PEDV- CAF: Associação a Escola Iniciática Divina Feminina (acesso a palestras, encontros e eventos online só para associadas) + Acesso ao material da plataforma EAD exclusiva de nossa Escola (com Acesso ao material de saberes por textos, Práticas) em 6 Seções + Encontros de Círculo para as Consagrações + Acesso por Watsapp com Tutora para Assessoria Pedagógica e Suporte Terapeutico de Apoio nas práticas e processos por agendamento sempre que necessário com a Mentora do Programa  (As Consagrações são com certificação para multiplicar). (Este Programa de Estudos do Ciclo A, I, tem 6 Seções, dividido em 6 meses)

Os demais Ciclos (e programas deles) seguem uma estrutura bem similar. ( ver detalhes)

> Todos estes Programas, tanto o Program de Estudos como o Programa deDesenvolvimentos são Programas Formativos - oferecem as condições para as alunas compartilharem os conhecimentos e Ritos (PE) e Consagrações (PD) para outras mulheres. Os Ritos podem ser compartilhados quando recebem as consagrações, as Consagrações podem ser compartilhadas aos recerber as Certificações de Nomeação e de Compartilhameto. Assim, as alunas da 'Jornada' poderão recompartilhar as Consagrações com outras, mas estas últimas não poderão comaprtilhar a menos que também realizem este mesmo programa de desenvolvimento. Após o Circuito Cauliflora - 10A/B, as alunas da 'Jornada' poderão realizar não só o compratilhamento das Certificações, o processo de multiplicação para que suas alunas possam também recompartilhar o programa. 

> Certificados de conclusão (ver abaixo um exemplo do primeiro Ciclo (Ciclo A):

- Certificado de conclusão do Programa de Estudos do Ciclo A-Fluorita:

Programa Formativo de Estudos e Treinamento da Jornada Divina Feminina (Qoya Nan) - da Sabedoria Iniciática Feminina – Qoya Yachay – Ciclo A - Circuito Fluorita: Estudos e Treinamento em Condução de Círculo de Mulheres e Terapia Integrativa Feminina – Ciclo A, Circuito Fluorita 

- Certificado de conclusão do Programa de Estudos do Ciclo B-Safira:

Programa Formativo de Estudos e Treinamento da Jornada Divina Feminina (Qoya Nan) - da Sabedoria Iniciática Feminina – Qoya Yachay – Ciclo A - Circuito Safira: Estudos e Treinamento em Condução de Círculo de Mulheres e Terapia Integrativa Feminina – Ciclo A, Circuito Safira

- Certificado de conclusão do Programa de Estudos do Ciclo B- Amazonita:

Programa Formativo de Estudos e Treinamento da Jornada Divina Feminina (Qoya Nan) - da Sabedoria Iniciática Feminina – Qoya Yachay – Ciclo A - Circuito Amazonita: Facilitadora de Treinamento (I) em Condução de Círculo de Mulheres e Terapia Integrativa Feminina I– Ciclo A, Circuito Amazonita -

- Certificado de conclusão do Programa de Desenvolvimento do Ciclo A- Pitangueiras (após a entrega e avaliação do Trabalho de Final do Ciclo (TFC) e Avaliação);

Programa Formativo de Desenvolvimento da Jornada Divina Feminina (Qoya Nan) - da Sabedoria Iniciática Feminina – Qoya Yachay – Ciclo A - Circuito Pitangueiras: Desenvolvimento em Condução de Círculo de Mulheres e Terapia Integrativa Feminina – Ciclo A, Circuito Pitangueiras - Focalizadora de Desenvolvimento I

(Clique aqui para ver estrutura dos programas DIVINA FEMININA)

> Além dos Estudos e Treinamento pela Plataforma, há Encontros online Ao VIVO pelo Skype (sem vídeo). Todo o material estará disponibilizado em uma plataforma EAD exclusiva da nossa Escola, para uso das associadas, mesmo após os ciclos ou todo o programa ter sido concluído e pago. A turma é reduzida para melhor aproveitamento e integração das mulheres e para suporte e supervisão individual sempre que necessário;

> As alunas tem acesso a Plataforma EAD / online para o material de estudo disponibilizado mensalmente ali, gradualmente. Os acessos ao seu plano (que integra a associação e os programas de instrução) estão livres na plataforma para as alunas, vitalício, mesmo com a entrega do certificado (mesmo após os 6 meses de pagamento - por exemplo para o primeiro Ciclo -, terá acesso também ao material que vai sendo complementado na plataforma do programa que se associou).

Os Programas e Ciclos são oferecidos de forma diferenciada, por planos de associação, mesmo fazendo contratos fechados, continua com acesso ao material da plataforma do ciclo contratado (e ainda é possível ir recebendo mais materiais). 

(Clique aqui para ver estrutura dos programas DIVINA FEMININA)

Pré Associação e Associação à Consororidade e Escola Iniciática Feminina

As Mulheres que sentem-se chamadas para essa Jornada Iniciática Feminina podem preencher o cadastro e depois para uma entrevista online para encontrar com a Assessora Pedagógica para um primeiro contato individual, necessário nos programas seriamente iniciáticos (Se necessáro poderá marcar para falar com a Mentora).

Para saber mais sobre a Consororidade e a Escola de Sabedoria Iniciática Feminina:

https://sagradofeminino.qoya.shakti.org.br/consororidade-e-escola-de-sabedoria-iniciatica-feminina/

Para saber valores e outros:

Disponibilizamos para vocês um Canal de Comunicação para informações, dúvidas, etc.

Contato - Cel e Whatsapp:  (19) 99936.5320 (Vivo) - em breve entraremos em contato

Atenção: Estes Ciclos e Programas Online de Estudos, Desenvolvimento e Formação do Sagrado Feminino faz parte do Caminho Sagrado Feminino ou Jornada Divina Feminina (a Jornada Iniciática Feminina). Esta Jornada online é uma nova formatação do Programa Presencial e Online já de formação iniciado oficialmente em 2009, com seus Saberes e Práticas que começaram a ser trabalhados em 2005 pela Mentora Aline que é a Cooordenadora e Professora destes Programas.  Ao realizá-lo completamente, recebendo as consagrações iniciará o processo de se tornar uma multiplicadora iniciada do método da Sabedoria Iniciática Feminina, conforme a realização dos níveis correspondentes da Jornada Iniciática da Sacerdotisa. Acima tem um link sobre mais detalhes destes níveis e afins.

<<<<<<<<<

Sagrado Feminino – Curso Online Sagrado Feminino - Curso Online Circulo de Mulheres - Curso Online Saberes Ancestrais doSagrado Feminino - Feminilidade Sagrada, Feminilidade Essencial – Saberes Ancestrais Femininos – Divino Feminino p Mulheres Sacerdotisas – Mulheres Sábias – Shakti – Sabedoria e Espiritualidade Feminina – Divino Feminino – divina Feminilidade – Círculo de Mulheres – Sabedoria Iniciática Feminina – Despertar da Mulher – Despertar do Feminino e da Feminilidade – Dança Sagrada Circular Feminina – Movimento da Deusa – Movimento do Divino Feminino – Movimento do Sagrado Feminino - Sagrado feminino saberes e práticassabedoria e espiritualidade feminina – Despertar do Sagrado Feminino na mulher – Círculo de mulheres – curso formação sagrado feminino –

Campinas, Indaiatuba, Itupeva, Jundiai, cabreúva, são paulo – são loureço, Aiuruoca – Minas Gerais,  Nova Xavantina –  Mato Grosso, Salvador Itaparica – Bahia, Manaus Amazonas, Teresopolis – Rio de Janeiro, Curitiba – Paraná, Cuiaba – Mato Grosso, Florianópolis Santa Catarina, Foz do Iguaçu – Paraná, São Paulo – São Paulo.