Senhora da Arte I B avançado: Arte e Dança Integrativa Feminina

 

Senhora da Arte I: Arte e Dança Integrativa Feminina

Este curso é independente mas também faz parte do Programa de Cursos para formação de Facilitadoras em Círculo de Mulheres e Terapia Integrativa Feminina (SABERES E PRÁTICAS DO SAGRADO FEMININO. )

Assim como outros cursos é necessário realizar alguns pré-requisitos:

>>>>>>>
ATENÇÃO:
NOVA EDIÇÃO DO CURSO – CURSO ONLINE – Encontros ao vivo por Skype: “Formação em Facilitação e Condução de Círculo de Mulheres e Terapia Integrativa Feminina Programa da Sabedoria Iniciática Feminina – Qoya Yachay: ENTRE NO SITE/LINK: https://sagradofeminino.qoya.shakti.org.br/

<<<<<<<<<<<<

Nível I –

Nível I > Módulo SG1:  Senhora Guia I: Auto-Consagração do Ventre: Saberes ancestrais femininos essenciais + Práticas para Auto-Consagração do Ventre (purificação e reconexão): reconectando com a própria Shakti / Qoya (o próprio princípio feminino ou a essência feminina da mulher) .  – Iniciando ou reconectando-se a Jornada do Divino Feminino

Programa do Curso SG1:

– Origem dos Saberes Ancestrais Femininos da “Sabedoria Iniciática Feminina’ (Shakti Vidya / Qoya Yachay); Ramos do conhecimento, Fundamentos, Objetivos, o Sagrado Feminino no ciclo evolutivo atual, o processo, a mandala das Shaktis/Qoyas, os mistérios ancestrais do divino feminino

– Recomendações Gerais para a saúde da mulher e reconexão

–Iniciando o Caminho Sagrado Feminino: Saberes e Práticas que fundamentam o processo: Conhecimento dos ‘ciclos sagrados femininos’, linhagens, Início do Caminho do Sagrado Feminino: Jornada da Rainha – Sacerdotisa etc

– Ciclos femininos luares, venusianos.

– Práticas meditativas e contemplativas de Purificação e Reconexão com a própria essência feminina – Sadhanas / yogas meditativas  – integrando o poder ‘divino’ ou da consciência através de saberes ancestrais essenciais e práticas meditativas ‘de energia’ e de ‘plena atenção’   (Purificação e conexão: ervas, mantras, sadhana meditativa e contemplativa Shakti Guia/ Atma Shakti:

– Auto-Consagração 28 dias (Kani Qoya Willkachay)  

(este módulo é pré-requisito para todos os outros) (Online por Skype + EAD na plataforma = Total: 28 horas)

Nível II –

Nível II > Módulo SG2: Senhora Guia II – Aperfeiçoamento dos Saberes + práticas contemplativas, meditativas e outras práticas específicas femininas –  individuais e coletivas para autodespertar e autorealização) (pré-requisito Nível I) – (Online por Skype + EAD na plataforma ) (pré-requisito: Auto-Consagração e Senhora Natureza I) (Totalmente Online Skype e EAD plataforma)

1– Sabedoria Sagrada Feminina II –  SABERES  de Shakti Vidya / Qoya Yachay : . Aprofundamento dos Saberes

3– ERVAS para realinhamento e sintonia venusiana do ventre

Nível II – Online por Skype + EAD na plataforma = T:  28 horas

Nível III – 

Nível III > Módulo SA1: Senhora da Arte I: Arte Integrativa Feminina I: Dança Integrativa Feminina I  – (semipresencial) –

Nível III – Online por Skype + EAD na plataforma + presencial = T:  52 horas (36 presenciais)

– Práticas básicas da Dança Integrativa Sagrada Feminina – Shakti Yoga Dança – Movimentos essenciais para harmonização e reconexão da mulher com seu corpo físico e etérico (com visualizações, contemplações, mantras, bandas – contrações, drist – foco no olhar, respirações, concentrações, mudras – selos com as mãos, com Símbolos Sagrados Femininos – práticas especiais com as matrizes de danças étnicas femininas – movimentos repletos de simbologias relativas aos princípios femininos. – reativando Shakti através do corpo)

Programa:

1 – Aspectos basicos do feminino essencial ou a feminilidade essencial (pela abordagem do Yoga, sabedoria oriental e da psicologia ocidental) – A ‘bela adormecida’ desperta para sua iniciação – De princesa cativa a rainha soberana e companheira: A Shakti Guia (nosso poder interior individual que integra todos os demais poderes ou Shaktis – o aspecto feminino de nosso Eu Superior ou Self)

– Corporalidade Feminina e Formas Simbólica

 –  posturas e movimentos para consciência e expressividade corporal, alinhamento, flexibilidade e fortalecimento corporal (gerais e especiais para o corpo feminino utilizadas na prática do yoga físico-energético e danças ancestrais orientais femininas) – nível básico. Movimentos corporais para coordenação corporal,  ritmo, fluidez – soltura da cabeça-cânio, tórax e quaril para purificação e reorientação das energias sutis –  nível básico.

  • Cabeça (movimentos de giro, circulares, leminiscatas)
  • Torso – torax, cintura (movimentos ondulantes e batidos)
  • Braços (posturas indianas e flamencas; espirais)
  • Mãos (hastas; mudras; círculos; ondulações; dedilhados)
  • Cintura e Quadris (oitos, ondulações, batidas e vibrações)
  • Virilha e Pernas (movimentos de giro, leminiscatas)
  • Pés (enraizamento, percussões)
  • Giros
  • Uso dos níveis Alto, Médio e Baixo
  • Natya   – baseadas nas danças femininas – trabalhando cada arquetipo do feminino (cada aspecto de Shakti) Sequência coreografica livre de yoga dança Atma Shakti – Shakti Guia ou Aspecto feminino do eu Superior – Reconhecendo a Feminilidade Essencial e Sequência coreográfica purificação

– Pranayamas – exercícios respiratórios para controle e direcionamento da energia. Bandhas –  fechos, bloqueios ou ‘contrações’ internas do corpo que usadas na prática do yoga físico-energético que ajudam no direcionamento da energia a determinadas partes do corpo, com o objetivo de estimular a energia essencial. – combina com exercícios de controle da musculatura pélvica e canal vaginal. –  Relaxamentos e afins / 

– Meditações com Visualizações de conexão interior incluindo Mantra e Samatha – prática de mantras das Shaktis (vibrações especiaisde conexão com a Shakti pessoal ou Shakti Guia) com meditação focando na receptividade (estar presente – plena atenção) – Praticas Meditativas básicas e Yoga meditativa da Shakti Guia (compacta)

2 – A constituição sutil do corpo, os elementos da natureza (terra, água, fogo, ar, éter) e suas expressões mais superiores: As Shaktis (poder interior) dos Elementos/ da Natureza – Relações do Feminino em Movimento com o Tempo-Espaço – reconhecimento e integração a feminilidade essencial ou poder interior.

Relações do Feminino em Movimento com o Tempo-Espaço:

  • Ritmos e Percussão
  • Repertório de matrizes integradas de movimento
  • Movimentos em deslocamento Espacial
  • Introdução à Improvisação
  • yoga-dança Shaktis dos elementos (= poder dos elementos) – Reconhecendo a Feminilidade Essencial através dos elementos e poderes da natureza )

Esses métodos trazem instrumentos para que a intérprete crie suas próprias composições a partir de temas relacionados à questões femininas, socio-culturais, autobiográficas, comportamentais, psíquicas, arquetipais, mitológicas e espirituais

– Fisiologia e a anatomia do corpo.

– posturas para consciência, alinhamento, flexibilidade e fortalecimento corporal. Posturas especiais para o corpo feminino utilizadas na prática do yoga físico-energético e danças ancestrais orientais femininas – nível intermediário. Rajas – movimentos corporais para coordenação corporal,  ritmo, fluidez – soltura da cabeça-cânio, tórax e quaril para purificação e reorientação das energias sutis – nível intermediário.

– Pranayamas – exercícios respiratórios para controle e direcionamento da energia – nível intermediário. – Mudras –  selos –  gesto com as mãos e dedos que são usadas na prática do yoga físico-energético e danças ancestrais orientais femininas. – Dristhis – Olhar fixamente para um ponto – um ponto fixo da visão (externa e interna) durante a prática do yoga físico-energético e danças ancestrais orientais femininas.

– Meditações com Visualizações de conexão interior de nível intermediário incluindo Mantra e Samatha – prática de mantras das Shaktis (vibrações especiais de conexão com as Shaktis dos elementos) com meditação focando na receptividade (estar presente – plena atenção) – Praticas Meditativas intermediarias – Shakti Guia (compacta)

3 – O corpo e a alma feminina em todas as suas formas e aspectos – Os arquétipos femininos: A essência feminina e seus aspectos de expressão primordial – O Eu-Feminino e suas Relações com o Meio.

    • Expressividade e Criatividade
    • Desenvolvimento de matrizes de movimento mais elaboradas
    • Improvisações Individuais
    • Jogos Grupais de Improvisação e Contato
    • Desenvolvimento Coreográfico a partir de Improvisação
    • Continuação – yoga-dança Shaktis – Reconhecendo a Feminilidade Essencial através dos elementos e poderes da natureza – nível avançado
    • Dança devocional e ritualística
    • – movimentos para coordenação corporal,  ritmo, fluidez – soltura da cabeça-cânio, tórax e quaril para purificação e reorientação das energias sutis – nível intermediário avançado.
    • – Pranayamas – exercícios respiratórios para controle e direcionamento da energia – nível avançado. Mudras –  selos –  gesto com as mãos e dedos que são usadas na prática do yoga físico-energético e danças ancestrais orientais femininas. . Dristhis – Olhar fixamente para um ponto – um ponto fixo da visão (externa e interna) durante a prática do yoga físico-energético e das danças ancestrais orientais femininas. (nível avançado)
  • – Meditações com Visualizações de conexão interior de nível intermediário incluindo Mantra e Samatha – prática de mantras das Shaktis (vibrações especiais de conexão e ativação do Agni – fogo purificador e transformador feminino –  para purificação dos canais energéticos) com meditação focando na receptividade (estar presente – plena atenção) – Inclui também Visualização ou Imaginação Ativa. – Praticas Meditativas intermediarias – Shakti  dos Elementos (compacta)
  • – Praticas Meditativas intermediarias – Shakti  dos Elementos (completa)

    4 – Os arquétipos femininos: A essência feminina e seus aspectos de expressão primordial (continuação) – O Feminino e a Criação Artística/expressiva e Espiritual – O Eu-Feminino e suas Relações com a Unidade e a Totalidade

    – Reorganizando os treinos anteriores

    – Exercícios de Imaginação Ativa por meio da Dança

    – Trabalhando o yoga dança Shaktis Primordiais – Os arquétipos femininos  (Natya – coreografias livres baseadas nas danças femininas – trabalhando cada arquetipo do feminino (cada aspecto de Shakti)

    Ao Final deste processo a participante estará apta a treinar, conscientizar-se e expressar-se por meio desta linguagem autocosncientizadora, expressiva e integrativa de maneira individual e/ou grupal. Ela poderá vivenciar com mais saber e experiência os processos criativos coreográficos; improvisações e desenvolvimento de processos criativos integrativos. Além destes propósitos formais de capacitação expressiva; o curso tem como grande objetivo o auto conhecimento e conexão com o feminino imanente e transcendente, visto que as aulas constituem-se, ao longo de todo o processo, de trabalhos físicos; criativos e meditativos.

    Obs: Tais métodos lidam com o treinamento e a aplicação da energia terrena e cósmica, da Mãe Terra e da Feminilidade Essencial pessoal da mulher e feminilidade ‘coletiva’ / planetária e cósmica,  para nossas inúmeras necessidades, particularmente a saúde, a força interior, o desenvolvimento mental, o crescimento e despertar espiritual, e pode ser utilizado por qualquer mulher que esteja receptiva para está sabedoria e ‘técnicas’.

Tempo total: 108 horas